Me mudando para a República Tcheca

Me mudando para a República Tcheca

Cheguei em Brno, na República Tcheca. E assim que uma nova etapa começa.

 

Começa hoje uma nova etapa da minha vida. E não foi fácil chegar até aqui.

Vim para Brno para trabalhar na Kiwi.com (até semana passada conhecida como Skypicker.com). O processo para conseguir o trabalho começou em dezembro de 2015. Janeiro de 2016 eu comecei a trabalhar. Em fevereiro saí do meu emprego no Brasil e começou o processo para obter o visto daqui. Para que isso fosse possível, a empresa teve que abrir uma vaga e esperar 1 mês sem “conseguir” alguém para a vaga. No final de março eu já poderia aplicar para o visto. Como havia conseguido uma bolsa para vir para a Budapeste, na Hungria participar do DjangoCon Europe 2016, resolvi aplicar daqui. Começo de abril fui até a Eslováquia e dei entrada no visto de trabalho e residência na República Tcheca. Final de abril voltei ao Brasil e o visto saiu no começo de Maio – 1 mês antes do esperado. Finalmente, dia 19 de Maio começou a jornada.

 

Passagem comprada. Cheguei bem cedo ao aeroporto – e ainda bem! – e fui fazer o check-in assim que cheguei. A passagem era apenas de vinda para a Europa, sem volta. Entretanto, ainda não tinha o visto e fui informada no check-in que, como estou entrando na Europa como turista, eu precisava necessariamente de uma passagem de volta para o Brasil. Desespero total! Encontrar – e comprar – uma passagem qualquer de volta antes do check-in fechar. Foram minutos de aflição. E quando resolvi comprar e estava preenchendo as informações do cartão, a empresa (Kiwi.com) entrou em contato comigo dizendo que comprariam a minha passagem. Correria para terminar o processo de compra para conseguir fazer o check-in. E essa viagem não poderia ser tão de boa e tranquila, algo tinha que acontecer para nunca me esquecer deste momento. hahaha

Passagem comprada e fui para o check-in novamente. Mas exigiram um número do bilhete, pois não bastava apenas a reserva da passagem. Mais desespero quando uma outra mulher me disse que poderia levar 24h para conseguir esse número – depois de ter efetuado a compra. Por sorte, um cara que trabalha na empresa comigo estava me ajudando e pedi que ele encontrasse esse tal “número do bilhete” para mim. Me lembro exatamente as palavras da mulher que aguardava para finalizar o meu check-in: “Você tem 1 minuto!”. E foi nesse minuto que o cara conseguiu finalmente o número do bilhete. Desespero e correria para fazer o check-in e passar para pegar o voo. Cheguei e o pessoal já estava embarcando. Mas no final, deu tudo certo. :)

O voo foi pela Air China de São Paulo até Madri. Avião apertado e as aeromoças não falavam português – óbvio. A comida estava apenas ok – talvez porque já eram 9pm eu não tinha almoçado por conta de toda essa história de ter que comprar uma passagem de última hora. Chegando em Madri, tive que fazer o check-in das malas novamente. E claro, não seria fácil com 2 malas de 30kg cada, uma mala de mão e uma bolsa enorme. Tive que pegar um ônibus para outro Terminal. Aí o medo já era outro. Conseguir comprar uma bagagem extra de 32kg e pagar excesso de bagagem da primeira bagagem – já que os voos saindo do Brasil permitem 2 malas de 32kg cada em qualquer companhia aérea. O segundo voo foi pela Czech Airlines – mesmo que na passagem estava escrito que seria Air Europa. Finalmente consegui pagar o excesso de bagagem e comprar uma segunda mala de 32kg. O voo foi tranquilo. Já estava exausta de tanto carregar malas e o avião era mais espaçoso do que o avião da Air China – mesmo num avião menor. Chegando em Praga, um amigo meu estava me esperando no aeroporto. Pegamos um Uber até o apartamento dele. Parecia que eu nunca chegaria. Mas aqui estou para contar toda esse história. :)

 

Passei sexta, sábado e a manhã de domingo em Praga. :)

Sexta subimos até o National Monument in Vitkov no pôr do sol.

National Monument in Vitkov

No sábado fomos até o Stromovka Park pela manhã para passear e almoçamos no Creperie U Slepé Kočičky. Essa creperia é maravilhosa – cheia de enfeite de gatos – e fica na M. Horákové 600/38,170 00 Praha 7-Holešovice. Depois fomos encontrar um amigo do meu amigo na Letná Beer Garden. Adoro esse lugar e é um excelente lugar para ir quando a temperatura começa a subir – entre a primavera e o verão. E por fim, depois de tentarmos encontrar um lugar que não existia mais, pegamos um Uber até o Billiard Club que fica na Řipská 547/24, 130 00 Praha 3-Vinohrady. Excelente lugar para jogar, adorei! 😀 Ficamos algumas horas e ficou quase 200CZK. Não achei caro e me diverti muito, mesmo perdendo quase todas. 😛

Stromovka Park

 

 

 

 

 

Vista do Letna Beer GardenNo domingo de manhã tomamos café na Ječmínek perto da estação Florenc. Almoçamos no restaurante vegetariano – que eu recomendo apesar de eu não ser vegetariana – chamado Loving Hut. Não foi hoje, mas já fui em um café no mesmo prédio chamado MojeCukrářství.cz onde comi um dos melhores doces até hoje, e era sem glúten. Nesse prédio tem até um supermercado que vende coisas saudáveis. Pra quem é vegetariano, deveria definitivamente conhecer. :)

Voltei correndo para o apartamento do meu amigo. Antes passamos por uma praça que estava tendo um evento de hambúrguer e cerveja! Só passamos pela praça mas não tivemos tempo de dar uma olhada. Uber até Florenc para pegar o ônibus para Brno. Chegando aqui tive uma confusão com o taxista. Meu amigo chamou um taxi para mim mas eu não sabia quem ele era e ele não sabia quem eu era. Enfim, depois consegui falar com ele. Quer dizer, claro que ele não falava inglês. Mas consegui chegar no apartamento da empresa onde vou ficar pelo menos nas próximas semanas – Erbenova. Cheguei e falei com um cara que estava oferecendo um quarto na casa dele. Acabei indo ver o lugar. A casa é bem grande, tem uma cozinha bem legal e um jardim no fundo. :) Ainda não está nada certo mas gostaria de morar lá, sim. Parece um lugar bem tranquilo – é aqui perto de onde estou.

 

Enfim, só terminando esse primeiro dia e um pouco dos meus dias desde a partida do Brasil. É incrível a quantidade de coisas que acontece estando aqui. Qualquer pequeno detalhe é tão especial.

Da janela do meu quarto

Amanhã, pegar o visto e começar a trabalhar oficialmente para Kiwi.com :)

Don't be shellfish...Share on Google+Tweet about this on TwitterShare on Facebook

One thought on “Me mudando para a República Tcheca

  1. felipe Miranda

    Olá Katia,
    Tudo bem?

    Caí de paraquedas na sua pagina, estava pesquisando sobre Brno e olha achei maravilhoso. Parabens!

    Meu nome é Felipe brasileiro e atualmente vivo e trabalho na Índia.
    Vim pela AIESEC. e outro dia entrei no sistema deles e vi uma vaga pra Brno.
    Gostaria de conversar com você se possível e tirar algumas dúvidas e claro pedi aquela ajudinha.

    Abraços.. e mais uma vez parabens!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *